fevereiro 28, 2010


Eu estou sempre atrasada.
O tempo corre contra mim, e eu não tinha percebido de tal fato.
A saudade essa noite resolveu me dominar, saudade daqueles sorrisos inocentes.
Daqueles olhares sinceros, das coisas boas que eu vivi, e não vi.
Ah, saudade!
Mas o tempo já se foi, se foi correndo, e o que sobrou pra mim, foi só a saudade.
Ah, saudade!

Bloqueio Criativo


Hoje foi a mente que deu bloqueio, e eu realmente não sei por quanto tempo ira durar sua greve.

fevereiro 24, 2010

A Verdade



A verdade. Ela dói, mas por mais dolorosa que seja, ainda é verdade.
A gente usa, pra machucar, ou simplesmente por estar tão cansado de mentir.
Minha verdade é que eu ainda estou mentindo. Ainda estou omitindo. Estou deixando, pra mais tarde. Pra quando você estiver com vontade de pensar, no por que dos meus motivos.
Meu coração esmagado, já não aguenta ser tão pisoteado, então por favor pare; e não questione mais meus sentimentos acumulados de dois anos atrás.
Como pode ser, gostar de alguém, e esse tal alguém não enxergar.
Minha verdade foi perdida no decorrer do caminho, e como dói. Ter sido usada, ter sido amiga, ter sido amada, e ter sido esquecida tão rapidamente.
Meu coração estúpido, está pedindo socorro, está gritando por entre suas lágrimas de sangue. Pedindo piedade, gritando seu nome. Mas sua mente não vê, seus olhos nunca enxergaram meu olhares, sua pele nunca sentiu meus arrepios. Seu ouvidos, nunca ouviram o tremor nas nossas conversas. Você nunca viu, e se viu foi cruel, teve a capacidade de ignorar, fingir desacreditar, fingir não ver. Eu confiava tanto em você, eu pensava que você era o anjo. Quando você chegava perto de mim, eu sentia cheiro de rosas, eu via flores em você, tu brilhavas tanto para mim. E mesmo assim não viu... Me deixava feliz só de aparecer na porta da sala e olhar pra mim, me deixava feliz só de chegar perto, e dizer oi ao pé d'ouvido.
Me deixava feliz só de ter tentado ser meu amigo, me deixava tão feliz, só de aparecer...
E agora você foi embora, eu vou sentir tanto, a sua falta. Tanto... Mas você não vai ver, você nunca vê, você nunca viu. Minha verdade, ainda continua sendo uma mentira.

verdade
s. f.
1. Conformidade da ideia com o objecto, do dito com o feito, do discurso com a realidade.
2. Qualidade do que é verdadeiro; realidade; exactidão!exactidão; coisa certa e verdadeira.
3. Por ex. Sinceridade, boa-fé.

fevereiro 23, 2010

Eu tô tentando.

Eu tô tentando me enturmar, tô tentando aceitar que eu não sou mais aquilo que eu era.
Tô tentando entender o que as pessoas esperam que eu seja, não que eu vá ser o que elas querem. Tô tentando suportar a dor de tentar esquecer alguém que só te via como amiga.
Tô tentando ser paciente, tô tentando esperar.
Eu só estou tentando entender o que tem de tão errado, em aceitar um não.
O que tem de tão errado e ver a verdade, em aceitar a sinceridade.
Por que, não é isso que as pessoas pedem?
Eu só tento entender como é que as coisas funcionam.
Por que sinceramente não me sinto confortavelmente encaixada nesse cotidiano.
Tem algo errado comigo?

fevereiro 11, 2010

Smile - Charles Chaplin


Sorria, embora seu coração esteja doendo
Sorria, mesmo que ele esteja partido
Quando há nuvens no céu
Você sobreviverá...

Se você apenas sorri
Com seu medo e tristeza
Sorria e talvez amanhã

Você descobrirá que a vida ainda vale a pena se você apenas...

Ilumine sua face com alegria
Esconda todo rastro de tristeza
Embora uma lágrima possa estar tão próxima
Este é o momento que você tem que continuar tentando
Sorria, pra que serve o choro?
Você descobrirá que a vida ainda vale a pena
Se você apenas...

Se você sorri
Com seu medo e tristeza
Sorria e talvez amanhã
Você descobrirá que a vida ainda vale a pena
Se você apenas Sorrir...

Este é o momento que você tem que continuar tentando
Sorria, pra que serve o choro?
Você descobrirá que a vida ainda vale a pena
Se você apenas Sorrir

fevereiro 09, 2010

Escolhas.

Escolhas... a gente faz tantas delas na vida.
Qual roupa usar, o que comer, o que fazer, quando fazer.
Como agir, com quem ficar. As vezes a gente até consegue escolher por quem vai se apaixonar;
mas o pior é saber que só uma escolhazinha que deu errado, pode mudar todo o trajeto de uma vida.
Se a gente soubesse o quanto elas tem influencia;
eu só não tenho mais forças pra lutar contra isso.
E estou indo embora agora...

fevereiro 06, 2010

Partiu.


As pessoas vão embora.
Elas sempre vão, e sempre levam um pedaço tão grande do coração que amou.
Elas simplesmente partem, mas deixam tanto de si com a parte do coração que sobrou.
E a saudade vem, para esfriar mais ainda o jantar sozinho, o lado direito da cama exageradamente grande de casal, o lado esquerdo do peito com buracos e cicatrizes.
Mas elas partem, elas vão embora, sem pedir permissão, sem pedir perdão.
Sem se despedir, por que o amor era torto, era quebrado. Por que o irmão era errado.
Por que o amor pediu para se retirar da cena, sem mesmo a peça ter começado.
Foi embora o meu amor, e por que foi?
Por que a maldita da escolha lhe feriu, e lhe fere.
Ai como dói, sentir que o amor foi embora, partiu sem avisar, partiu por medo.
Partiu por covardia, fugiu. Do irmão.
Ah coração maldito, como pôde você, ter me traído desse jeito.
Como pôde coração estúpido, se entregar assim, sem ser convidado. Pare de pular insolente coração, ele foi embora. E levou a outra consigo. Eles serão felizes, e ele esquecerá de tu. Que foi brinquedo pra si mesmo, por que o amor... Nunca lhe disse que te queria. Nunca disse.
Ah, mas os olhos. Deus, aqueles olhos, como esquentavam a manhã gelada, na porta da sala.
Como eram penetrantes aqueles olhos, aqueles olhos verdes. Como eram... Pare!
Por que está sendo tão estúpida razão? Deveria dizer-me para não ir, deveria dizer para parar agora mesmo. Não deveria dizer como seus olhos eram quentes. Não vê. Esqueça-os.
Ele não os merece. Aqueles olhos. Mas as mãos, como eram quentes aquelas mão em minha cintura, naquele abraço matinal, escolar. Ah! Como eram. Como se encaixavam tão perfeitamente ao meu redor. E os traços em seu rosto, como eram tão bem desenhados. Como eram. Como eram.
Vai te embora, coração. Por favor, abandone-me razão.
Estamos perdendo o controle dessa paixão. Que foi perdida, como um brinquedo na mão.
Oh amor, por que foi-te embora e não me levou?
Por que partiu, por que? Não vê, que o coração que tu carregas ai dentro, estás levando o meu consigo?
Não vê. Ele não vê, por que ele já foi. Embora outra vez.
E esse lado esquerdo vazio do meu peito, não para de saltitar, a cada vez que seu nome eu pronuncio. Dói. Mas ele já foi.

Imagine - Jonh Lenon

Apenas imagine, e crie. Isso bastará.



Imagine não haver paraíso.
É fácil se você tentar,
nem inferno abaixo de nós,
acima de nós, só o céu.

Imagine todas as pessoas,
vivendo por hoje.

Imagine se não existisse países,
não é difícil de se imaginar.
Nada para matar ou morrer,
e nenhuma religião também.

Imagine todas as pessoas,
vivendo em paz.


Você pode dizer que eu sou uma sonhadora
mas eu não sou a único (a)
Eu espero que um dia você se junte a nós.
E o mundo se torne um só.

Imagine que não existam posses,
imagino se você consegue.
Não seria necessário caçar ou ser caçado.
Uma irmandade de homens.

Imagine todas as pessoas,
compartilhando o mundo.


Você pode dizer que eu sou um sonhador,
mas eu não sou o único.
Eu espero que um dia você se junte a nós.
E o mundo se torne um só.


A corrida é grande, mas a corrente é forte, e ela não se partirá.