novembro 10, 2015

A Carta

Eu passei muito tempo, tentando encontrar palavras que pudessem descrever a forma como me sinto em relação a tudo o que me aconteceu. E tudo o que aconteceu entre nós,.. Queria dizer, da forma mais clara e sincera o quanto todas aquelas coisas ruins me machucaram, e queria te forçar a me entender. Algo que parecia praticamente impossível. Todo esse tempo me foi válido, de diversas maneiras. Eu pude enxergar tudo de fora, e por diversos ângulos, Pude ver tudo de uma forma diferente e com outros olhos. Eu finalmente vi o que aconteceu e o que acontecia. Eu finalmente entendi, que relacionamentos não acabam por culpa de um... Eu sempre repetia pra você, "relacionamento é a dois, eu estou tentando, você precisa tentar também", porém esse mantra parecia não se aplicar muito bem a mim também. Eu fui egoísta, eu queria que você fosse igual a mim. Eu passei tanto tempo, pensando em mim, Pensando na minha dor. Que não conseguia enxergar o que realmente acontecia ali, o que acontecia dentro de nós. Nosso erro foram os extremos. Você com a sua indiferença ao que acontecia, eu com a importância que eu dava a tudo o que acontecia. Eu passei tanto tempo focada ao que me fazia sofrer, tão focada em mim e na minha dor, que não pude enxergar a sua dor, e o quanto aquilo machucava você também. E preciso admitir que, do seu jeito, você também tentou... Eu levei um ano, pra entender. Um longo ano, pra perceber que as coisas não eram tão ruins quanto eu pintava, e que metade de tudo aquilo, foi minha culpa. Eu levei um ano, pra finalmente perceber o quanto eu deveria te pedir desculpas por tudo o que eu te fiz passar... Que deveria te pedir desculpas por ter partido seu coração também. Também me dei conta de que agora não faz mais sentido, porque isso já não te incomoda tanto. Mas eu tentei, e pedi pra conversarmos... Eu queria te dizer. Dizer que sinto muito ter desistido de nós, mas que ambos sabemos que foi melhor assim, pros dois lados. Dizer que nós estávamos errados, e que nos desgastamos demais, e que seria um erro, voltar a insistir naquele erro. Que nossas atitudes acabaram se tornando todas erradas. E que você era a pessoa certa no momento errado. Você era. Eu sei disso. Todo esse amor aqui dentro de mim, me diz que você era. Nós eramos o destino um do outro, mas tudo aconteceu intenso demais, e errado demais. E de tudo, o que eu mais gostaria de dizer... É que, foram ótimos 3 anos e 8 meses. Com você eu vivi, aprendi muitas coisas, boas e ruins. E tivemos ótimos momentos juntos.
Eu decidi escrever para você essa noite, pois estava cansada de toda essa dor e culpa guardada dentro do meu coração. Guardada dentro de mim... Eu decidi te escrever, pra poder me libertar de tudo o que se passa aqui dentro e tanto me machuca. Porque o que me dói mais, é saber o quanto machuquei você também. E eu sei que hoje estamos indo muito bem separados, livres e felizes um sem o outro. E me deixa muito feliz, ver você feliz. Um ano atrás, eu tomei a decisão de mudou nossas vidas definitivamente. E hoje, eu estou tomando a decisão que vai mudar mais uma vez, minha vida, definitivamente... Nessa carta, eu te peço desculpas, e muito mais do que isso. Eu te digo Adeus. Eu liberto o meu coração, eu me liberto de você, e te liberto de mim. De uma vez por todas. Sem deixar resquícios da dor e todo aquele sofrimento incurável que me prendeu e me puxou pra baixo durante muito tempo. Liberto, pra carregar dentro de mim, carinho, admiração, e orgulho de tudo aquilo que passamos juntos. Carregar dentro de mim, as risadas, as brincadeiras, e os momentos felizes e idiotas que vivemos juntos. E dentro de mim, também sinto que é verdade. E que esse é o fim. Respiro fundo e aliviada. Uma pena essa carta nunca chegar até você... Eu te amo, seja feliz.

maio 24, 2015

Me diz que isso é um pesadelo, e que logo eu vou acordar com a sua mensagem de bom dia no whatsapp. Me diz que não se passaram dois meses desde que você nos deixou aqui.
Maluco, eu sinto tanto a sua falta! Falta de todas as risadas que eu sempre dava quando estávamos conversando. Acho que não teve nenhuma conversa com você, em que eu não terminasse rindo. Eu sinto tanto a sua falta. Todos os dias. Em todos os momentos. A cada minuto. E eu tento, também, a cada minuto, ser exatamente aquela pessoa que você sempre achou que eu era, e esperava que eu fosse. Eu tento, cada dia, viver a vida intensamente, como se não houvesse amanhã, como você me ensinou. Eu tento, em todos os momentos, ser tua Gin.
Mas as vezes a saudade é tanta, que escorre pelos olhos. Você sempre vai fazer falta Du, vai estar sempre guardado no meu coração e na minha memória. Não vou deixar a chama que você acendeu em mim se apagar, jamais. Eu sinto muito muito muito muito muito a sua falta.
" Hey irmão, me diz como você tá
A saudade ainda vai me matar
A saudade ainda vai me matar"
Do nosso querido, Projota.
Te amo Eduardo, saudades eternas.
A gente ainda vai se encontrar.

março 31, 2015

Queria te dizer


Oi, você viu a lua hoje?
Com certeza viu... Você mora nela agora né?
Sabe, eu queria te perguntar, você viu o dia hoje? Foi daqueles que você me diria 'Samy, relaxa, você viu como o dia tá lindo lá fora?', pois é... Acho que teve obra sua nesse dia. E a noite? Você viu como esta linda? O céu tá azul, limpo e lindo. E a lua tá brilhando, linda como sempre. Do jeito que a gente sempre admirou.
Hoje tem uma estrela, linda, brilhando mais que todas no céu, bem alinhada com a lua. Tenho certeza que é você...
Você dizendo: 'relaxa galera, tá tudo bem.'
Sabe, tem umas coisas que eu queria te dizer... Sei que fiquei meio ausente, não fazia idéia do que estava acontecendo, mas acho que sentimos esse momento chegando. Você é mesmo um anjo, sempre foi. Sempre teve uma luz incrível, e isso só fez você ser uma pessoa mais incrível ainda. Eu queria poder voltar no tempo, ter mais tempo com você. Queria ter dito o quanto gosto de você, o quanto te admiro, o quanto pago um pau pra toda a sua originalidade e autenticidade. Queria que você tivesse mais tempo, pra conseguir viajar para aquele lugar que me mandou a imagem do postal no whats, dizendo que bateu o olho e lembrou de mim. Queria que você tivesse mais tempo pra fazer sua faculdade de psicologia e conseguir ajudar o maior número de crianças do mundo, porque é com elas que o ciclo começa. Queria que você tivesse mais tempo pra correr atrás de todos os objetivos, sonhos e planos que você deixou pra trás. Queria ter tido a chance de passar pelo menos um dia do seu lado, vendo nosso filme favorito. Queria ter te agradecido mais vezes por ser meu amigo, e não só isso, ter agradecido por ser um amigo tão foda. Queria ter te dito mais vezes, o quanto eu te achava foda! Queria que você tivesse tido coragem de falar comigo antes, mas agradeço de todo o meu coração, que falou antes de ir embora. Como disse Hazel Grace, eu com certeza queria mais números pra você. Porque você definitivamente precisava de mais... Infelizmente, não tenho poder de trazer você de volta, nem de te fazer saber tudo isso agora. A gente não tem como prever a rapidez como as pessoas vão sair de nossas vidas, como da maneira tão bruta que você saiu da minha. Tão inesperada. Eu quero te dizer, que vou ficar bem, e que você não precisa se preocupar, porque eu vou me esforçar ao máximo pra conseguir te ajudar nessa nova missão, nesse novo plano que você se encontra... E que eu também sei que o que disse aquele dia, não foi em vão... Sei que posso contar com você mesmo estando longe, e sei que nossas almas vão se encontrar, vão se reunir outra vez, porque nossa história não acabou aqui. Quero te dizer que essa dor aqui no meu peito, esse vazio, essa angústia, vai passar e vai se transformar num amor maior ainda por você.
Quero te dizer também, que vou me esforçar, fazer o possível, pra ser pelo menos metade da pessoa que você achava que eu era. Que vou me esforçar pra ser a Gin, sua Gin... Porque você vai ser meu eterno Hache, minha eterna versão masculina. Meu eterno amigo foda! Meu cometa Du.
Acima de tudo, queria ter dito o quanto eu te acho lindo, física e espiritualmente. Lindo, lindo, lindo!
Sei que agora você está em um lugar melhor, bonito e iluminado. Que está sendo bem cuidado... Sei que agora você está bem. E me desculpe se as vezes eu choro aqui... É que lembrar que você não vai mais me chamar de palhacinha, nem vai mais rir das minhas palhaçadas, nem admirar a lua comigo e nem me indicar mais nenhum filme... Isso me aperta forte demais o coração, me dá um nó na garganta, e é necessário chorar... Sei que você gostava de me ver inspirada, mas não se preocupe, eu vou ficar bem. E você também.
Alguns infinitos são maiores que outros. E Du, querido, você não imagina o tamanho da minha gratidão pelo nosso pequeno infinito. Eu não trocaria por nada nesse mundo. Você me deu uma eternidade dentro dos nossos dias numerados, e sou muito grata por isso.
Eduardo Gomes ♥

janeiro 17, 2015

Sinto me como um pequeno pássaro preso em uma gaiola, que é esperto o suficiente para saber onde e como abrí-la, mas tem medo do que pode encontrar do lado de fora.
Os perigos e sofrimentos que pode sofrer.
Mas será que é mais seguro do lado de dentro ou do lado de fora?
Aqui sinto me amado e bem cuidado, mas ainda assim, mesmo sem tentar fugir, quebraram minhas asas e me machuram. Quebraram me por dentro. Privaram me da liberdade.

novembro 07, 2014

E aí você cai na besteira, na burrice, de começar a gostar de alguém. Vai começar a temporada de se iludir sozinha de novo. É... Vamos lá.

outubro 29, 2014

Você jurou que não partiria meu coração...
Mas partiu a promessa e me quebrou.

fevereiro 17, 2014

Eu não sei.

Vejo hoje, perfeitamente, um coração dividido em dois pedaços. Meu coração. Dividido. Repartido em dois pedaços, duas partes completamente diferentes e ao mesmo tempo tão iguais. Eu consigo visualizar perfeitamente bem, esse órgão. Responsável pela vida que habita hoje o meu corpo. Cortado ao meio.
Cada vez mais difícil escolher a parte que fica e a parte que vai. Qual é menos importante. Qual vai doer menos quando partir em milhões e milhões de pedaços.

Eu vejo, hoje perfeitamente bem duas partes de um mesmo coração, meu coração. Partindo. Me deixando afundar na minha confusão. Vejo duas partes de mim, de um mesmo coração. Saindo. Fechando as cortinas sem aplausos ou vaias. Deixando o palco vazio.

Fechando o ato. Sozinho. Encontra-se um peito vazio, partido. Quebrado. Machucado.
F R I O